Efeitos colaterais do remédio: saiba mais sobre o assunto

Durante um tratamento medicamentoso, é comum que muitas pessoas apresentem alguns efeitos colaterais do remédio. Contudo, em outros casos, diversas pessoas afirmam não apresentar efeito algum após o início do tratamento. No entanto, vale ter a ciência de que as medicações podem, sim, causar alguns efeitos colaterais, que se apresentam de maneiras diferentes em cada paciente.

Embora muitas pessoas tenham ouvido falar sobre os efeitos colaterais do remédio, poucas sabem o que é isso e como pode afetar suas vidas. Por isso, neste post vamos explicar melhor o que é efeito colateral de um medicamento e o que fazer ao apresentar algum. Continue a leitura e se inteire do assunto agora mesmo!

Entenda o que é efeito colateral de um medicamento

Ao ler a bula dos medicamentos, é muito comum que as primeiras perguntas que surjam na cabeça sejam quais são os efeitos colaterais daquele produto farmacêutico e, afinal, o que é efeito colateral. Essas dúvidas se manifestam especialmente durante o início do tratamento medicamentoso, onde há uma adaptação aos compostos e, consequentemente, aos seus possíveis efeitos.

Os efeitos colaterais ao consumo de quaisquer medicamentos são reações indesejáveis ao fazer o uso desse remédio em questão, ou seja, consequências de se ingerir aquele composto. Segundo um especialista no assunto, podem existir dois tipos de reações ao consumo dos compostos medicamentosos, sendo elas:

  • Reações previsíveis: são caracterizadas como efeitos colaterais que foram observados no decorrer dos estudos clínicos daquele remédio (os efeitos que constam na bula do medicamento). Ou seja, durante os testes realizados para a aprovação do medicamento, os testes mostraram essas reações.
  • Reações imprevisíveis: são caracterizadas como intolerâncias reações individuais e hipersensibilidade (como as alergias). Neste caso, os efeitos não podem ser previstos durante os testes, afinal, as reações aos compostos medicamentos podem variar de pessoa para pessoa.
efeitos colaterais do remédio previsíveis

Durante os testes do medicamento, são encontrados os efeitos colaterais previsíveis, presentes na bula.

Vale ressaltar, ainda, que é possível que uma pessoa adquira uma reação indesejada ao medicamento ao longo da vida, mesmo em casos onde ela já faz uso do remédio há muito tempo. Ou seja, a pessoa começa o tratamento e não apresenta nenhum efeito colateral, mas, em um momento futuro, pode demonstrar alguma reação adversa.

Alergia x intolerância medicamentosa

Classificadas como reações imprevisíveis, essas duas consequências ao consumo de um remédio são diferentes. A intolerância pode se caracterizar apenas com um “passar mal” após consumir o remédio. Comumente, a pessoa intolerante pode apresentar vômito, dor de cabeça e diarreia após um tempo da absorção do composto.

Contudo, no caso das alergias é preciso ter uma atenção redobrada. Geralmente, quando a pessoa é alérgica a algum componente do medicamento e o consome sem saber disso, ela pode apresentar erupções na pele, acometimento  do pulmão, células sanguíneas, fígado, etc. Em casos graves, pode ser fatal. Por isso, é necessário sempre se atentar a cada medicamento e fazer os testes de alergia.

Além disso, existem algumas classes de medicamentos que causam mais reações do que outras. Dentre os remédios que causam mais reações alérgicas estão:

  • Anti-inflamatórios;
  • Antibióticos;
  • Analgésicos.

Contudo, vale ressaltar que, mesmo dentre os medicamentos citados acima, as reações se manifestam em menos do que 2% dos casos, segundo especialistas. Sendo assim, essas reações são consideradas incomuns. No entanto, isso não significa que não deva estar atento às suas reações e alergias, mesmo que não seja possível prever a primeira reação alérgica, é possível impedir que as futuras ocorram.

O que fazer ao apresentar algum efeito colateral

Ao notar alguma reação adversa após o consumo do medicamento é necessário manter a calma e, em primeiro lugar, consultar a bula do remédio. Lá você poderá ver se essa reação é comum e se vai precisar buscar a ajuda de algum médico. Contudo, em casos de crise alérgica ou intolerância, faz-se necessário a busca por um hospital imediatamente, a fim de evitar a piora do problema.

A SafePill pode te ajudar

A SafePill organiza o seu tratamento medicamentoso, separando todos os remédios por dia, dose e horário. Isso te proporciona mais segurança durante o tratamento, impedindo que troque os remédios ou tome na hora errada. Dessa forma, fica mais fácil aproveitar a sua vida sem as preocupações com qual remédio tomar. Para isso, basta se cadastrar, selecionar os remédios receitados pelo médico e receber sua SafeBox em casa.

Contudo, além disso, disponibilizamos suporte farmacêutico de 8h às 18h, em dias úteis, para que você possa tirar suas dúvidas sobre seus remédios. Assim, caso o medicamento receitado pelo médico tenha causado alguma reação adversa, você poderá conversar com um de nossos especialistas, tirar suas dúvidas e receber todas as orientações. Clique aqui e contrate a SafePill agora mesmo!

Fontes: Revista Abrale.

Compartilhe:

Entre em contato

Tel: (11) 4210-3937

Baixe nosso app

Entre em contato

Tel: (11) 4210-3937

Baixe nosso app

Empresa incubada por:

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS ®

Responsável técnico: Andrea Mendes Rodrigues Pereira - CRF: 27848

ALVARÁ SANITÁRIO: 355030801-871-001831-1-3

Tecnologia :